Header Ads



DIFERENÇAS ENTRE OS SATELITES STARONE C2 E STARONE C4

                                           
      


A Hot Position Brasil
O Star One C2 foi lançado em abril de 2008 e junto com o Star One C1, faz parte da terceira geração de satélites Star One (denominada série C). Esses novos satélites asseguram a continuidade dos serviços de telefonia, televisão, rádio, transmissão de dados e internet no Brasil e ainda expandem esses serviços para os países da América Latina.
O satélite Star One C2 ocupa a posição orbital de 70,0°W, a mais importante para o mercado de Broadcasters no Brasil. Essa posição é considerada hot position por transmitir os sinais das maiores emissoras de televisão do país e ainda possuir um parque de aproximadamente 16 milhões de antenas parabólicas apontadas.
O lançamento foi feito da base Kourou, na Guiana Francesa, pelo foguete da Arianspace. A partir da chegada à sua posição orbital correta, o controle do satélite passou a ser feito pela equipe da Star One na Estação de Guaratiba, no Rio de Janeiro.
O satélite Star One C2 orbita a 36 mil quilômetros da superfície da terra e tem praticamente o dobro da potência do Brasilsat B1 (antigo satélite nesta posição), assegurando a cobertura de todo o território nacional e garantindo a ampliação para toda América do Sul, México e Flórida (EUA).
Dados Técnicos
O Star One C2 possui transponders (receptores e transmissores de sinais) em Banda C, Banda Ku e Banda X.
A Banda C garante a oferta de sinais de TV, rádio, voz e dados, incluindo internet. A Banda Ku garante oferta de serviços como transmissão de vídeo e internet diretamente aos usuários, além de telefonia em localidades remotas. Já a Banda X é uma frequência exclusiva para uso militar.
O projeto e a construção dos satélites da terceira geração foram iniciados em 2003 e contaram com a participação de equipes técnicas da Star One, como astrônomos, engenheiros e analistas de sistemas.
O Star One C2 foi fabricado pela Thales Alenia Space, na França, baseado na plataforma SB 3000 – B3, tem massa total de 4100 kg e vida útil média de 15 anos.codificação nagra open tv 5

                                 Mapa de Cobertura do STARONE C2 Acesse aqui


Star One C4 está em construção e tem sua previsão de lançamento para o terceiro trimestre de 2014. Junto com os satélites C1, C2, C12 e C3, faz parte da terceira geração de satélites Star One (denominada série C). Esses novos satélites asseguram a continuidade dos serviços de telefonia, televisão, rádio, transmissão de dados e Internet no Brasil, além de expandirem esses serviços para os países da América Latina e Estados Unidos continental.
O satélite ocupará a posição orbital de 70 W, a mais importante para o mercado de Broadcasters no Brasil. Essa posição é considerada hot position por transmitir os sinais das maiores emissoras de televisão do País e ainda possuir um parque de 22 a 25 milhões de antenas parabólicas apontadas. É também a posição de operação da Claro HDTV, operadora de DTH do grupo Embratel.
O lançamento será feito da base de Kourou, na Guiana Francesa, pelo foguete da Arianespace.
O satélite Star One C4 ficará colocalizado com o Star One C2 e aumentará a capacidade em banda Ku na posição, assegurando a cobertura de todo o território nacional e garantindo a ampliação de atendimento para o oeste da América do Sul e América Central, além do México e dos Estados Unidos continental.
Dados Técnicos
Star One C4 possuirá 48 transponders (receptores e transmissores de sinais) em Banda Ku, triplicando a capacidade atual da posição orbital de 70 W nesta banda de frequências.
A Banda Ku garante oferta de serviços como transmissão de vídeo e Internet diretamente aos usuários, além de telefonia em localidades remotas.
Star One C4 está sendo fabricado pela SSL, nos Estados Unidos, baseado na plataforma 1300E, e terá potência de 15600 W, massa total de 5635 kg e expectativa de vida útil de 15 anos. quanto a codificação a ser usada ainda nao temos respostas concretas, porem tudo indica que vem ai nagra 4 (pra nós um monstro) pros gringos é fichinha pois estao acostumados com ela a alguns anos....
                                 
                                   Mapa de Cobertura do STARONE C4 Acesse aqui
Tecnologia do Blogger.